“Estados Unidos da Merda”

Published December 6, 2012 by monalima

12E_07_Francisco_Lima_T2

Comecei por escolher os fundos e desde cedo queria fazer uma crítica social com este meu trabalho, por isso achei que podia representar a maior potência mundial, os Estados Unidos da América, de várias maneiras neste trabalho.

Coloquei a bandeira dos E.U.A. de fundo; a cara do Presidente Obama no centro (com macacos no lugar dos olhos que simbolizam os seus “lacaios”, ele “vê” o que se passa no mundo através deles); coloquei a serpente em cima da cabeça dele para simbolizar os mortos nas guerras do Médio Oriente, porque a serpente, na mitologia Maia, simboliza a passagem da vida para a morte; dos dois lados da cara de Obama encontram-se as Torres Gémeas com uma lagarta a descer uma delas, que simboliza a morte lenta que as pessoas tiveram nos atentados de 11 de Setembro (a lagarta simboliza a lentidão); outro fundo que coloquei foi o deserto porque é como o mundo, se tudo continuar assim, vai estar daqui a uns anos; do lado esquerdo encontra-se uma placa a dizer “Welcome to Heaven” (Bem-vindo ao céu), que se refere ao “American Dream” que muitas pessoas procuram ao irem trabalhar para lá; nessa mesma placa encontra-se um autocolante de um WC Feminino que para mim simboliza a sujidade a que algumas mulheres se sujeitam para ganhar dinheiro quando o seu sonho americano se torna num pesadelo; temos, ainda do lado esquerdo, unicórnios a subir o Monte Everest, ou seja, pessoas que se fantasiam e não sabem gerir a ambição e querem sempre mais e não sabem parar, acabando por se perder; temos ainda uma garrafa de vinho no centro e um maço de tabaco à direita que simbolizam os vícios e a tentação; coloquei a figura de Fernando Pessoa, que representa a literatura, com a cara de o Zombie Man (homem tatuado da cabeça aos pés) representando as formas de arte a que se dão mais valor agora, principalmente nos Estados Unidos, a tatuagem começa a ser uma arte muito importante, por vezes mais valorizada que a literatura ou outras artes mais antigas; vemos um barco de uma obra de Van Gogh, para mim o barco representa os altos e baixos da vida de uma pessoa; ao centro, coloquei a cara de Salvador Dali no corpo de um cão, ou seja, a arte foi domesticada, está a perder a sua liberdade, por vezes quem faz coisas diferentes é rejeitado só porque essa coisa é diferente; por fim mas para mim, o mais importante, coloquei sete mãos apontando para tudo o que coloquei em cima, cada mão representa um dos sete pecados mortais: a Avareza, a Ira, a Gula, a Luxúria, o Orgulho, a Preguiça e a Vaidade.

Não tive grandes influências artísticas, as minhas influências: de notícias, de jornais, da internet e por outros meios de informação; e principalmente pelo meu pensamento e forma de ver as coisas, uma pessoa que não veja a situação política, cultural e económica da mesma maneira que eu, nunca seria capaz de dar esta simbologia que dei a um trabalho, daria uma simbologia completamente diferente.

Para a composição utilizei o CorelDRAW 12 e para a apresentação utilizei o VegasPro 11.0.

Advertisements

2 comments on ““Estados Unidos da Merda”

  • Leave a Reply

    Fill in your details below or click an icon to log in:

    WordPress.com Logo

    You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

    Twitter picture

    You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

    Facebook photo

    You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

    Google+ photo

    You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

    Connecting to %s

    %d bloggers like this: